Sine Dominico non possumus

No ano de 304, durante as perseguições de Diocleciano, um grupo de cristãos, do norte de África, foram surpreendidos a celebrar a Missa numa casa e foram aprisionados. O procônsul romano, no interrogatório, perguntou-lhes por que o fizeram, sabendo que era absolutamente proibido. E eles responderam: «Sem o domingo não podemos viver», que significava: se não podemos celebrar a Eucaristia, não podemos viver, a nossa vida cristã morreria.” (Papa Francisco, Audiência Geral, 8/11/2017)
Durante todo o tempo em que não foram possíveis as celebrações da fé com a presença de fiéis, os sacerdotes residentes no Seminário celebraram diariamente a Eucaristia na capela dos Santos Francisco e Jacinta Marto. De modo especial, recordamos a beleza e a dignidade das celebrações da Semana Santa e do Tríduo Pascal.

20200605_123005Desde a passada segunda-feira, 1 de junho, voltámos a abrir as portas à comunidade, no horário habitual, ou seja, de segunda a sábado, às 12h30. De facto já todos sentíamos falta dos rostos e das vozes que nos habituámos a ver na assembleia e, mais ainda, do testemunho de fé que deixam com a sua participação na Eucaristia.
Dando cumprimento às recomendações da DGS, da CEP e das autoridades diocesanas respeitantes à luta contra a pandemia do COVID-19, podemos acolher 30 pessoas na assembleia.
Como casa de promoção da vocação sacerdotal e de formação para os futuros pastores do Povo de Deus, também assumimos como nosso o ato de fé dos mártires da Abitínia: o Seminário não pode viver sem a Eucaristia!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s