Padre Rui Ruivo!

O Seminário de Leiria alegra-se com a ordenação de um novo sacerdote! É esta a sua primeira função na diocese: acompanhar aqueles que Deus chama a identificar-se com o Seu Filho, Jesus Cristo, e, em Seu nome, apascentar o Seu rebanho. Por isso, damos graças a Deus!
Na Sexta-feira, dia 17 de maio, a igreja paroquial do Juncal encheu-se para uma vigília de oração e ação de graças. «Era uma vez um barco frágil e com medo de navegar em alto mar. Estava sempre bem amarrado ao cais, não fosse ele descuidar-se e ser levado pelas ondas do mar. Até que, numa certa noite. Levantou-se uma forte tempestade. O barco agarrava-se ao cais, mas ao mesmo tempo havia alguma coisa que o atraía e convidava a não ter medo de se soltar. Quando deu por si, já navegava nas águas límpidas, calmas e silenciosas do mar longínquo. O sol nascia no lindo céu azul, ele viu-se todo iluminado, navegando tranquilamente. Foi aí que percebeu a sua vocação e como os seus medos o impediram de ser feliz durante tanto tempo. Agora já não era aquela pequenez agarrado ao cais, aprisionado pelos seus medos. Era muito mais! Agora era um BARCO!

Este slideshow necessita de JavaScript.

No Domingo, dia 19, a Sé de Leiria encheu-se para celebrar a beleza de mais um SIM a Deus e à Igreja. Familiares, amigos, cristãos da comunidade de origem e daquelas em que pastoralmente o Rui se encontra inserido, membros do presbitério diocesano, todos celebraram, sob a presidência do bispo diocesano, Cardeal D. António Marto, a certeza de que Deus nos ama e continua a chamar homens para santificar o povo cristão, oferecer a Deus o sacrifício e conformar a sua vida com o mistério da cruz de Cristo (cfr. ritual de ordenação).
Partindo do símbolo das mãos, particularmente significativo para o ordinando, o Sr D. António disse-lhe na homilia da ordenação: “Dar-te-ás conta de que muitos irmãos e irmãs, por causa do sacramento que hoje recebes, te confiarão a sua vida, te abrirão o seu coração, partilharão contigo os seus sofrimentos e alegrias, confessarão os próprios pecados. As tuas mãos erguer-se-ão sobre eles para abençoar, batizar, ungir, absolver, confortar, levantar. Nas tuas mãos o pão da Eucaristia tornar-se-á Corpo de Cristo, Pão de vida eterna, mistério admirável e adorável da nossa fé!”
Na terça-feira seguinte, dia 21, foi dia de o Padre Rui presidir pela primeira vez à Eucaristia no Seminário, tendo como concelebrantes os membros da equipa formadora e outros sacerdotes e, na assembleia, aqueles que aí diariamente celebram a sua fé. Gratidão, emoção, simplicidade e alegria: foram estes os sentimentos que todos experimentaram à volta do altar.
O Domingo, dia 26, foi dia de festa na paróquia do Juncal que se engalanou para a missa nova de um dos seus filhos.
Parabéns, Padre Rui Ruivo!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s